Welcome to Centro de Integridade Pública de STP   Click to listen highlighted text! Welcome to Centro de Integridade Pública de STP

Por Eleições Transparentes, Livres e Justas.

Por Eleições Transparentes, Livres e Justas.

DENÚNCIAS DE UM CIDADÃO AO CIPSTP

“MÁFIAS PARA FALSIFICAR BOLETINS DE VOTOS E CARIMBOS NAS ELEIÇÕES. NINGUÉM CONSEGUE CONTROLAR NA TOTALIDADE POR INOPERÂNCIA E FALTA DE MEIOS DE CONTROLO DESDE INICIO DO MULTI- PARTIDARISMO EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE”.

eleicoes_justas
imagem do cip mz

O CIPSTP recebeu uma denuncia de um cidadão que pessoa anonimato, relatanto que conviveu de perto desde início da II República ou seja a transição para democracia, da existência de máfias nos diferentes círculos eleitorais de cada distrito do país. Garante que conhece os esquemas de pagamentos (banhos) aos próprios elementos das mesas (dos diferentes partidos políticos) para facilitar as falsificações nos resultados. Afirma que já viu várias vezes militantes com boletins de votos carimbados, em muitas situações nem tinha polícias nos fechos das urnas. A miséria e falta da cultura política é o principal problema da nossa gente.
Sabe que é difícil mudar a situação criada, o próprio povo não quererá a mudança, pois, já são obrigatórios os pagamentos para irem votar ou participar nas reuniões.

2 – Com a nova lei eleitoral que se está a discutir na AN poderá melhorar em algumas aspetos a situação de “banho”- compra de consciência, mas não concorda com a obrigação dos partidos políticos com poucos recursos ir as eleições com obrigação de arrecadarem no mínimo 1%. Pois há concorrência desleal com os partidos chamados de grandes, que recebem milhões de dólares dos seus patrocinadores estrangeiros. Todos sabem como funciona os Financiamentos dos Partidos Políticos em STP, o estado não controla nem financia os PP, os Tribunais a CEN não controlam as contas, nem há “obrigação” de prestação de contas dos partidos políticos no final de cada eleição.

3 – “Eles” (políticos do esquema) sabem que a Urna Eletrónica pode mudar atual situação, por isso não estão dispostos na mudança. Para interesses alinhados com a perspetiva de que a democracia, hoje viável na modalidade representativa, é um jogo de manipulação de perceções e de opiniões das massas, as vantagens são óbvias.
Já para interesses que dependem de eleições limpas, limpas no sentido de qualquer eleitor ou candidato poder verificar como os resultados foram obtidos, há de facto muitas desvantagens obscuras para a opinião pública. Obscurecidas pelos reais motivos pelos quais os resultados não podem mais ser efetivamente questionados. A segurança de voto pode ser garantida com apoios dos brasileiros que têm experiência e apoiaram no último Censo 2012.
Acredita que com a utilização de sistema biométrico nas urnas eletrónicas o país terá não só a votação mais informatizada como também a mais segura, já que não haverá dúvidas quanto à identidade de cada eleitor. … O objetivo é excluir a possibilidade de uma pessoa votar por outra, tornando inviável a fraude no procedimento de votação.

Partilha
Share

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Click to listen highlighted text!