Poder e a Voz do cidadão! PR’2016 #9

Por Severino D’Almeida

A responsabilidade pode ser dos mandatários a indicar os elementos que devem constituir a mesa mas eu tenho de fazer relembrar o seguinte: Quando um país democrático utiliza todos os meios para chegar ao poder,nada mais se pode duvidar e o pior se pode esperar.Lembro-me que até 1991 o MLSTP usou Rafael cabinda para mobilizar o povo de Cantagalo e tornou-se no palhaço nacional, mesmo assim não aprenderam e a partir desta data iniciou-se o uso de “bôbos” para ganharem os votos e chegarem ao poder.Nas legislativas de 2004 ou 2005 utilizou-se ignorantes(jovens) encabeçando listas e no Distrito De Mé-Zóchi por exemplo renasceu um “deputadozinho ” jovem de Uba flôr que não vou citar seu nome.”Vergonha política”. severino
Isso se explica estratégias maquiavélico dos dirigentes santomenses .Embora os mandatários indicassem seus elementos tudo depende da estratégia utilizada na formação das mesas.Instrumentalizaram o conceito “banho” compram consciências e não duvido nada que os elementos que fizeram parte da mesa, fizeram tudo a troco de algum valor ,o que devia ser devidamente investigado e apurar as consequências porque os erros reportados pelo Presidente da C.E são gravíssimos e demasiados básicos para tomarem como simples engano ou lapso.

Tornou-se vulgar e banal indicar pessoas sem o mínimo de competência para determinados cargos baseando apenas na uniformização da cor política.Não estou a referenciar apenas ao ADI, pois essa é uma estratégia introduzida pelo partido Fundador da Independência-MLSTP-que se tornou o câncer maligno, crónico e contagioso.Se virem como diz os brasileiros,pois diz o provérbio em bom português.”Quem mede aos atalhos não se alivia dos perigos “.Nós os africanos tornamos em políticos mais imperfeitos e corruptos dotando, absorvendo e desenvolvendo todas as más práticas observadas noutras esferas.

Quando o interesse nacional é posta em causa a cor política deve ser posta de lado e se primar pelo Homem e suas competências.Aproveito também para deixar aí a minha opinião acerca da atitude do Sr. Manuel Pinto da Costa ser de uma valente covardia além de inexplicável desonestidade para com a nação e em particular com o seu eleitorado que não é o meu caso.Homem nunca deve virar costas ao problema meter o rabinho entre as pernas e fugir dos problemas sem tentar a sua solução.Assim ele como já se sabe é parte deste problema e tenta assim branquear a sua saída, manchando essas eleições e a nossa doentia e frágil democracia.É aí se conhece e se distingue um ganancioso de um patriota. Sou um cidadão livre como os outros com direito ao livre pensamento, reflitam.

Partilha
Share

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments